Porcelanato Líquido

Incrustação de insetos com resina!

Incrustação de insetos com resina incolor transparente e cristal!

A resina incolor, cristal ou transparente como algumas pessoas dizem, serve para diversas finalidades, hoje ela esta sendo muito usada para fazer o piso de porcelanato líquido em 3d. No qual é colocado um adesivo de alta definição no chão e a resina vem por cima.

Logicamente que a técnica não é tão simples assim como estou dizendo, passei apenas um resumo rápido, para termos uma ideia de outras finalidades desse material.

Mas muito antes de servir para passar no chão, a resina incolor, transparente ou cristal já tinha outras finalidades bem diferentes e inusitadas.

Como por exemplo a incrustação de insetos.

Incrustação de insetos diversos: Baratas, borboletas, besouros … espécies diversas!

A incrustação de insetos é muito usada por colecionadores de insetos e espécies difíceis e em extinção. Depois que o inseto tiver sido incrustado em resina, ele pode ser usado para diversas coisas. Como para fazer joias, colares, brincos, braceletes, artigos de decoração e coleção.

Muitas pessoas trabalham com isso, e mantem uma renda financeira com a produção e venda de artigos incrustados com insetos.

Outras usam a técnica como um lazer ou até mesmo terapia.

Os insetos são incrustados em resina usando um processo de moldagem, a resina sintética é misturada com um catalisador, ou polímero, que faz com que a resina endureça.

A mistura é, então, despejada em um molde de silicone e depois um inseto é inserido. Assim que a resina secar, formará um matéria dura e transparente que irá preservar o inseto.

A resina

A resina usada para incrustar insetos é um sintético de plástico misturado com um agente para endurecer, criando um molde transparente para preservar um inseto. Resinas sintéticas foram desenvolvidas para imitar resinas naturais de árvores, que são materiais grudentos e transparentes, produzidos por árvores coníferas, que endurecem quando ressecam. Resinas sintéticas também são feitas de poliéster ou acrílico, embora resinas de plástico sejam mais usadas para incrustar insetos. Insetos incrustados em resinas sintéticas podem ser feitos em casa usando materiais disponíveis em lojas especializadas.

Como é feita a incrustação

Incrustação ou incrustar é o processo de mergulhar o inseto na resina. A resina é mistura com um endurecer ou catalisador, e então é despejada em um molde plástico que pode ter diversos tamanhos e formatos. A espécie de inseto é, então, colocada dentro do molde e a resina é deixada de lado para secar por um período de 48 horas. Assim que a resina secar, as bordas são lixadas usando um lixa de papel com granulação de 200 a 600 espessura. O inseto também pode ser incrustado na resina usando camadas. Uma primeira camada enche o molde até a metade, depois, o inseto é colocado na resina.

Bolhas de ar são removidas da resina e, assim que a primeira camada seca, a segunda camada é derramada por cima para realmente encapsular o inseto.

Preparação de insetos

Qualquer inseto pode ser preservado em resina usando o processo de incrustação, porém algumas espécies necessitam de preparação especial antes de serem incrustadas.

Pratear é o que acontece com um inseto quando é incrustado antes de secar. A água retida no corpo do inseto evapora e o abdômen começa a murchar, separando-o do molde. Nesse caso a água que sai do inseto impede a cura endurecimento da resina, que por sua vez acaba dando errado o processo.

Isso é comum em inseto maiores, como gafanhotos, mariposas e aranhas grandes. Para que isso não aconteça, a maioria dos grandes insetos é submersa por diversos dias em etanol desnaturado, que seca a água do inseto antes dele ser incrustado.

Depois de ter feito todos os detalhes cuidadosamente, você obterá grandes resultados em sua experiencia, coleção e artigos para vendas.

besouro-escaravelho-na-resina-incrustaco-de-insetos-D_NQ_NP_16975-MLB20129158429_072014-F

 

besouro-escaravelho-na-resina-incrustaco-de-insetos-D_NQ_NP_17230-MLB20134178559_072014-F

 

25-03-2016-21-27-34-bijoia-studio-uruz74-camila-mattos-carlos-velloso-foto.-rosane-lima-16.marco.2016-3599

 

32_32_6

 

maxresdefault (3)

 

 

Mostrar mais

Apoio ao Usuário

Nosso atendimento de serviço e apoio ao usuário funciona de segunda á sábado. Das: 09:00h ás 18:00h. Se precisa de retorno imediato. Use nosso chat online ou contate-nos por telefone, whatsapp ou email na página de contato do site.

Artigos relacionados

2 Comentários

    1. Olá, Karine, tudo bem? Sua pergunta sobre insetos resinados é realmente interessante. No entanto, no que diz respeito à questão ambiental, a situação pode ser um pouco complexa.

      Em termos legais, se os insetos que estão sendo resinados não fazem parte de espécies em extinção ou protegidas por leis específicas, isso provavelmente não seria considerado um crime ambiental. No entanto, é importante ressaltar que a ética e o respeito pelos seres vivos também desempenham um papel fundamental.

      Mesmo que não seja estritamente ilegal, muitas pessoas e organizações ambientais podem considerar essa prática controversa e politicamente incorreta. Isso porque envolve a preservação de insetos mortos em resina, o que pode ser visto como falta de respeito pela vida animal e pela natureza em geral.

      Em resumo, do ponto de vista estritamente legal, desde que os insetos não sejam protegidos por leis ambientais específicas, não é considerado um crime ambiental. No entanto, do ponto de vista ético e ambiental, essa prática pode ser questionável e não muito bem vista. Espero ter esclarecido sua pergunta da melhor maneira possível. Se você tiver mais dúvidas, estou à disposição para ajudar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo